NOSSOS VÍDEOS

Loading...

terça-feira, 18 de março de 2014

Deputado elogia o Monte Saturno em Brasília!

O deputado Fernando Ferro-PT durante um discurso em Brasília a respeito da cidade de Ferreiros-PE, enfatizou a importância do Observatório Astronômico Monte Saturno!

Veja o discurso completo!

Discurso sobre o Aniversario de Ferreiros

Monte Saturno na TV!

Nesta semana foi ao ar, pela TV Record, uma matéria a respeito do Observatório Monte Saturno. Assista!

Matéria Observatório Monte Saturno

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Primeiras Imagens produzidas na Cúpula do Monte Saturno!

No última sábado, 01 de fevereiro de 2014, foi realizada a 5° NEO (Noite Extraordinária de Observação).
Nesta oportunidade, a cúpula do Observatório Monte Saturno produziu oficialmente suas primeiras astroimagens.

Em breve, a equipe do CÉU DE PERNAMBUCO irá oferecer um curso de astrofotografia para compartilhar os conhecimentos adquiridos nesta prática.

Fique atento às nossas atividades através do nosso grupo de discussão no Facebook: CÉU DE PERNAMBUCO.

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Inauguração do OBSERVATÓRIO ASTRONÔMICO MONTE SATURNO

No dia 18 de novembro de 2013, foi inaugurado o OBSERVATÓRIO ASTRONÔMICO MONTE SATURNO, na cidade de Ferreiros, Zona da Mata Norte de Pernambuco.
Jovens de diversas escolas do Recife e cidades do interior também foram conferir.
O observatório, construído pelo Prof. Walter Pessoa, conta com uma cúpula, um auditório ao ar livre, um relógio de sol e um céu repleto de estrelas, apresentando uma visão horizontal de 360°.
O espaço será dedicado à divulgação e produção científica. No primeiro momento a estrutura receberá excursões escolares, mas em breve, oferecerá meios de pesquisa para astrônomos profissionais.


O evento contou com a presença do astronauta brasileiro Marcos Pontes, que compartilhou suas experiências e emocionou o público presente.


Confira aqui todas as fotos do evento:
www.ivantorres.com.br/montesaturno

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Cometa ISON

Nos últimos meses a comunidade astronômica mundial está ansiosa pela aparição do Cometa ISON (C/2012 S1).
O nome vem do observatório que o descobriu (ISON International Scientific Optical Network) em setembro de 2012, enquanto o cometa ainda estava além da órbita de Júpiter.
Embora a expectativa seja de um grande espetáculo, o brilho de um cometa depende do material que compõe seu núcleo, e da maneira como esse material reagirá ao se aproximar do Sol. Esta é uma das dúvidas dos cientistas que não se arriscam em fazer predições sobre o brilho deste cometa.
Outro fator é a distância que ele passará do Sol.
Estes 2 fatores basicamente determinam a magnitude absoluta do cometa.
Já o brilho que será percebido por nós, depende da distância que o cometa passará da Terra, do ângulo de sua cauda em relação a nós, etc.
Devido à inclinação do eixo de rotação do nosso planeta em relação à sua órbita em torno do Sol, o cometa aparecerá com mais facilidade para os observadores do hemisfério norte, pois ele será visto mais alto no céu, e permanecerá visível por muito mais dias justamente durante seu período de maior brilho.
Este período será a partir da segunda quinzena de novembro, quando seu brilho atingirá a 6° magnitude (limite aproximado da visão a olho nú) e aumentará o brilho em uma magnitude a cada 2 dias!
Aqui, no hemisfério Sul, o cometa surgirá visível no horizonte poucas horas antes do nascer do Sol e será ofuscado pela luz dessa estrela em poucos minutos nas madrugadas de 15 de novembro até o início de dezembro. Depois disso o cometa estará dobrando de brilho a cada dia mais só será visível aos observadores do hemisfério norte.
Levando em consideração fatores como magnitude, altura (posição em que o cometa se encontrará no céu) e horário (sem interferência do Sol), os melhores dias para observação deste corpo aqui no Recife-PE, será entre os dias 20 e 24 de novembro por volta das 4h da manhã.
Segue abaixo uma simulação da posição em que o cometa será visto na madrugada do dia 22/11.

Desejamos a todos, céus limpos e boa sorte na observação desse que promete ser um dos maiores cometas das últimas décadas.

Walter Bandeira